Ajuda extraordinária de 1,8 milhões para a agricultura nos Açores
O Governo Regional dos Açores aprovou, esta sexta-feira, uma ajuda de 1,8 milhões de euros. Esta medida é uma tentativa de minimizar os prejuízos nas produções agro-pecuárias e agro-alimentares provocados pela seca sentida no arquipélago.

O apoio financeiro suplementar visa suportar, de forma parcial, os encargos com a importação de alimentos para os efectivos pecuários, minimizando o impacto das "severas condições climáticas" na economia regional, diz o comunicado final da reunião do Conselho de Governo.

A redução das chuvas, nos últimos seis meses, provocou uma quebra na produção de forragem para os animais, e teve implicações negativas ao nível das fileiras económicas do leite e da carne.

Por outro lado, o executivo açoriano destinou 1,2 milhões de euros para a aquisição de um "contingente adicional de cereais" destinado a satisfazer as necessidades de consumo da indústria regional.

A medida, segundo o Governo Regional, tem em conta os valores históricos de consumo e pretende "manter a sustentabilidade e competitividade das indústrias regionais, contrariando o agravamento dos preços de mercado e evitando a repercussão dos custos ao nível da alimentação animal".

Fonte JN 02-09-2011

 

Comentários:

Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.