sem glúten
Ser celíaco é muito mais do que evitar alimentos com trigo. A doença celíaca é uma patologia autoimune sem cura que pode aparecer em qualquer fase da vida e que tem por base uma sensibilidade permanente ao glúten.

E surge aqui a questão: O que é o glúten? Trata-se do conjunto de proteínas insolúveis encontrado no trigo, centeio, cevada e aveia (esta última quando é alvo de algum tipo de contaminação, pois a plantação pode acontecer em terrenos onde são cultivados o trigo e o centeio, por exemplo).

“A ingestão de glúten, mesmo em pequenas quantidades, leva o organismo a desenvolver uma reação imunológica contra o próprio intestino delgado, provocando lesões na sua mucosa que se traduzem pela diminuição da capacidade de absorção dos nutrientes”, explica a Associação Portuguesa de Celíacos no seu site.

Associação Portuguesa de Celíacos

“A eliminação do glúten da alimentação permite que o intestino regenere por completo da lesão e o organismo recupere. Contudo, se houver reintrodução do glúten, as inflamações regressam e os sintomas reaparecem”, esclarece o organismo.

Ser celíaco. O que comer?


De acordo com a Associação Portuguesa de Nutrição, “uma vez confirmado o diagnóstico de DC, o único tratamento consiste na prática de uma dieta isenta de glúten para toda a vida. Até à data, não existe ainda tratamento farmacológico para esta doença”.

A dieta para pacientes celíacos baseia-se na “exclusão dos cereais trigo, cevada, centeio e aveia da alimentação, bem como dos seus híbridos, nomeadamente o triticale e o kamut e de todos os produtos derivados”.

Mas, o que é que se pode mesmo comer? Clique nas imagens acima e fique a conhecer os alimentos permitidos e proibidos, uma lista da Associação Portuguesa de Nutrição e que deve servir apenas de base, pois o aconselhamento médico e nutricional é indispensável para que não haja qualquer carência de nutrientes.

Fonte: womenshealth 16-05-2018

 

Comentários:

Artigos mais lidos

  1. 15 dias
  2. 30 dias
Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.