Campanha do habibs ofende portugueses
O Habib’s causou polémica com a campanha de divulgação de seu bolinho de bacalhau. Ao usar as tradicionais piadas brasileiras sobre portugueses em peças, a rede de fast food causou indignação da comunidade daquele país aqui no Brasil, segundo reportagem da Folha de S.Paulo.

A ideia da divulgação é que o preço do bolinho é uma piada, por isso frases como "Qual é o único português que serve para alguma coisa? O Manuel de instruções" foram adotadas nos papeis de bandeja. Mesmo com o aviso de que se trata de "uma homenagem" ("afinal, o dono do Habib’s também é português"), a ação gerou diversas reclamações e até uma representação no Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária).

Para o presidente do Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo, José Geraldo Tardin, "trata-se de discriminação contra o consumidor". Foi ele quem afirmou à Folha ter acionado o Conar que, ainda segundo o jornal, não confirma o recebimento.

Todas as 340 lojas do Habib’s, espalhadas por 17 estados, receberam as peças da campanha, que durou um mês – já começou o recolhimento do material. A rede afirma não ter decidido remover os folhetos por conta das queixas – que, aliás, diz não ter recebido – e que não há, na campanha, conotação pejorativa.

Fonte adnews 08-07-2011
{hwdvs-player}id=995|height=262|width=350{/hwdvs-player} {hwdvs-player}id=994|height=262|width=350{/hwdvs-player} {hwdvs-player}id=993|height=262|width=350{/hwdvs-player}

 

Comentários:

Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.