Portugueses já separaram mais de 290 mil toneladas de resíduos de embalagens
Portugueses já separaram mais de 290 mil toneladas de resíduos de embalagens A Sociedade Ponto Verde retomou mais de 290 mil toneladas nos primeiros seis meses do ano. O vidro, juntamente com os plásticos, foram dos materiais que mais cresceram neste período.

Nos primeiros seis meses de 2011, foram recolhidas e enviadas para reciclagem 290.613 toneladas de resíduos de embalagens (RE). O crescimento da recolha do vidro foi o que mais se destacou no primeiro semestre deste ano, com este material a registar um aumento de 15% face a igual período do ano passado, atingindo perto de 100 mil toneladas.

«À semelhança de anos anteriores, os resultados vêm comprovar que os portugueses estão cada vez mais sensibilizados para a importância da reciclagem, contribuindo para dar um destino adequado aos resíduos de embalagens produzidos. Estamos empenhados em garantir a consolidação dos resultados já alcançados, estando grande parte dos nossos esforços concentrados no material vidro, para que este supere o desafio de cumprir a sua meta específica de 60%», afirma Luís Veiga Martins, director-geral da Sociedade Ponto Verde (SPV), entidade gestora responsável em Portugal pela gestão deste tipo de resíduos.

Comparativamente com 2010, registou-se um crescimento de 5,2% de embalagens recolhidas em relação ao período homólogo do ano anterior.

Com este resultado, a Sociedade Ponto Verde mantém assim, no ano em que celebra o seu 15º aniversário, a tendência ascendente de recolha dos resíduos de embalagem desde o início da sua actividade, apesar da actual conjuntura económica.

30-07-2011

 

Comentários:

Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.