Estudos sobre a listeria e alimentação de grávidas premiados por Associação Portuguesa de Nutricionistas
Duas investigadoras da Escola Superior de Biotecnologia (ESB) da Universidade Católica no Porto foram premiadas na segunda edição dos Nutrition Awards.

O projecto “Listeria monocytogenes em alimentos: dados para uma Avaliação do Risco”, coordenado por Paula Teixeira foi distinguido na categoria de Qualidade e Segurança Alimentar.

No âmbito da Investigação em Ciências da Nutrição, a distinção foi para Elisabete Pinto com o trabalho "Avaliação da ingestão alimentar em grávidas portuguesas".

O projecto de Paula Teixeira centra-se na contaminação de alimentos com Listeria (L.) monocytogenes e na recolha de dados sobre listeriose – infecção contraída sobretudo pela ingestão de alimentos contaminados com a bactéria L. monocytogenes e que mata mais de 30% dos infectados.

O primeiro surto de listeriose no país foi detectado em Julho de 2010, tendo a ESB colaborado com a Direcção Geral da Saúde e a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica na identificação do alimento/produtor provavelmente responsável por este surto, segundo uma nota divulgada hoje por aquela escola superior.

O projecto, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, foi desenvolvido em parceria com as Universidades do Minho e de Aveiro.

No que respeita à investigação de Elisabete Pinto, da ESB, incidiu sobre a alimentação de um grupo de mulheres grávidas de forma a averiguar a existência de flutuações na ingestão alimentar durante a gestação, bem como as prevalências de inadequação nutricional.

Os Nutrition Awards, iniciativa da Associação Portuguesa dos Nutricionistas lançada em 2010, é o mais importante prémio na área da nutrição em Portugal.

Fonte publico 20-09-2011

 

Comentários:

Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.