31º Festival Nacional de Gastronomia
O País volta a reunir-se à mesa nesta 31ª edição do Festival Nacional de Gastronomia. Santarém volta a acolher as melhores iguarias de todo o País, depois de ter sido palco do magnífico espectáculo que revelou as 7 maravilhas da gastronomia eleitas pelos portugueses.

Esta edição que tem início já no próximo dia 21 (Sexta-feira), decorre até dia 6 de Novembro, sendo que no dia 21 as portas abrem às 12h00 e a entrada é grátis. A inauguração oficial do Festival tem lugar às 18h30 e pelas 19h30 há prova de vinhos do Tejo com degustação de porco assado (acesso reservado a convidados).

Nos restantes dias, de 22 de Outubro a 6 de Novembro, a entrada mantém-se nos 2,50 euros p/pessoa, podendo adquirir-se cadernetas de 10 ingressos por 20 euros, até dia 19 de Outubro, na Casa do Campino.

31º Festival Nacional de Gastronomia

Esta edição conta com almoços temáticos, em que vão estar representadas as várias regiões, da responsabilidade das entidades de Turismo, variando as suas composições e ementas. A venda e reserva para todos os almoços temáticos podem ser feitas no Secretariado do Festival Nacional de Gastronomia, através do Telefone – 243 330 330, Fax – 243 330 340 ou E-mail – Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

As Tasquinhas, representadas por 13 restaurantes, selecionados pelas entidades de Turismo, apresentam o melhor das cozinhas regionais, para além de voltar a contar com a região espanhola da Galiza.

O “Concurso do Petisco” volta a ter lugar, com demonstrações culinárias de Petiscos e Sopas, no Átrio da Casa do Campino.

Casa do Campino em Santarém

A organização deste Festival prevê que cerca de 70 a 80 mil pessoas visitem este certame.

O artesanato volta a estar presente, contando este ano com 36 artesãos e áreas comerciais ligadas à gastronomia.

O programa do festival inclui ainda demonstrações de técnicas culinárias e de pratos como arroz de cabidela e caldeirada.

A 2 de Novembro assinala-se o Dia do Arroz Carolino das Lezírias Ribatejanas que conta com 2 Show Cookings da responsabilidade dos Chefes Nuno Barros e Henrique Mouro, para além duma palestra sobre o Arroz em Portugal, a sua produção, o seu consumo e como de ser confeccionado.

As equipas Olímpicas de Culinária realizam demonstrações de cozinha nos dias 22 e 23 de Outubro.

No dia 24, a AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal organiza o Seminário “Vencer em tempos de crise na Hotelaria e na Restauração”, das 10h15 às 18h00.

Dia 31, tem lugar o Dia do Cozinheiro, com um Workshop da responsabilidade dos Chefes António Bóia e Paulo Pinto, que conta com o moderador Chefe Carlos Madeira.

O Festival conta ainda com venda zona comercial de venda de doçaria regional , bebidas, enchidos e queijos.

Todos os dias há animação musical no Átrio da Casa do Campino, com a seguinte programação:

Sexta-feira 21 de Outubro – Orquestra Santos Rosa

Sábado 22 de Outubro – Atuação do vencedor do Programa “Ídolos”

Domingo 23 de Outubro – “Boinas”

Segunda-feira 24 de Outubro – Herman José

Terça-feira 25 de Outubro – André Sardet

Quarta-feira 26 de Outubro – Canário Amigos

Quinta-feira 27 de Outubro – Fados de Coimbra

Sexta-feira 28 de Outubro – Rancho Folclórico “ Támar” da Nazaré

Sábado 29 de Outubro – Grupo “Riobó” da Galiza

Domingo 30 de Outubro – Atuação de David Antunes

Segunda-feira 31 de Outubro – João Pedro Pais

Terça-feira 1 de Novembro – Tuna Académica “ Corsários das Ilhas”

Quarta-feira 2 de Novembro – Tonecas e a música africana

Quinta-feira 3 de Novembro – Fadista Joana Amendoeira

Sexta-feira 4 de Novembro – Nucha

Sábado 5 de Novembro – Pedro Fernandes

http://www.festivalnacionaldegastronomia.com/

Quali.pt 22-10-2011

 

Comentários:

Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.