Alimentos Seguros na Noite das Bruxas
Vai festejar o Halloween numa festa temática? Os seus filhos/netos/sobrinhos vão sair para o famoso "doces ou travessuras"? Então lembre-se de alguns cuidados que deve ter com os alimentos para evitar uma ida forçada para a farmácia no dia seguinte ou acordar mal disposto...

A história desta data comemorativa tem mais de 2500 anos. Surgiu entre o povo celta, que acreditavam que no último dia do verão (31 de outubro), os espíritos saiam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos. Para assustar estes fantasmas, os celtas colocavam, nas casas, objetos assustadores como, por exemplo, caveiras, ossos decorados, abóboras enfeitadas entre outros.

Quais cuidados ter, caso organize ou participe numa festa temática no Halloween?

(1) Saiba a origem dos alimentos: veja se as frutas que serão servidas estão boas para o consumo, veja a validade dos produtos. Os alimentos perecíveis devem ser preparados e servidos de preferência no dia do evento.

(2) Nas bebidas: tenha cuidado com a origem do gelo! Beba só água mineral ou que saiba que foi tratada para ser segura para o consumo (potável).

(3) Caso contrate uma empresa, certifique-se de que os serviços oferecidos sejam de qualidade, confira o preparo dos alimentos, verifique se os funcionários usam luvas e toucas para manipular os alimentos e se o local (cozinha) está bem higienizado.

(4) Tenha cuidado com os recipientes usados no serviço... Têm que ser lavados e higienizados... E numa nota mais humorística: Caveiras, ossos decorados... Podem não ser alimentos, assim como as abóboras enfeitadas são só para enfeite!

Doces ou travessuras

Os seus filhos querem reproduzir a tradição do "Trick or Treat" (doces ou travessuras)? Então tenha em atenção o seguinte:

(1) As crianças não devem provar os doces durante a troca. É recomendável que não saiam com o estômago vazio para não caírem na tentação de comerem os doces durante a volta.

(2) Informe o seu filho/filha que não aceite um doce com a embalagem aberta.

(3) Quando regressarem com os doces para a casa, deve descartar os doces caseiros... (Sim, custa. Mas é melhor...)

(4) Se receberem frutas, deve lavá-las com água potável.

(5) É sempre bom verificar a embalagem dos doces e ver se não há algo anormal (descoloração, pequenos rasgões ou marcas de dentes/roedores...). Descarte se houver.

(6) Caso servir sumos às crianças, assegurar-se que são pasteurizados (sumos de pacote) ou feitos com água potável.

(7) Avisar as crianças para não consumirem os doces até que um adulto esteja presente... (Esta vai ser difícil...)

Alimentos mal lavados, mal conservados, preparados sem higiene ou adquiridos sem garantia de segurança podem ocasionar doenças designadas por doenças de origem alimentar, ou D.T.A. para (Doença Transmitida por Alimentos), também mais conhecidas como “intoxicações alimentares” ou gastroenterites.

 

Comentários:

Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.