alimentação segura e saudável na praia
Os princípios para uma alimentação saudável e equilibrada não devem ser esquecidos. Lembre-se de optar por refeições e snacks práticos e com riqueza nutricional, procurando variar e escolher alimentos característicos desta época.

Para além de uma alimentação variada e equilibrada, é fundamental que a sua alimentação seja também segura. Nesta altura, devido às elevadas temperaturas, favoráveis ao crescimento de microrganismos, o risco de intoxicação alimentar é superior, uma vez que os alimentos ficam mais suscetíveis à deterioração.

Desta forma:

• Mantenha os alimentos à sombra, longe da exposição solar direta;

• Prefira alimentos que não se alterem com o calor como o pão, conservas, frutos oleaginosos e algumas frutas e hortícolas previamente lavados;

• Se optar por alimentos mais perecíveis (iogurtes, queijo, alguns tipos de frutas como melancia, melão, meloa, pêssego, cerejas… ) deve acondicioná-los numa geleira ou mala térmica colocando placas frias para manter a refrigeração;

• Prepare os alimentos preferencialmente no próprio dia. Lave previamente as mãos e utensílios, não devendo utilizar os mesmos materiais para diferentes géneros alimentícios, quer em cru ou confecionado;

• Lave os alimentos frescos em casa e transporte-os numa caixa fechada;

• Se não for possível levar consigo uma mala térmica ou geleira, não deve transportar para a praia: molhos (ex.: maionese ou natas), marisco, lacticínios (principalmente iogurtes e queijo fresco), quiches, empadas, folhados, gelatina e produtos de pastelaria com cremes;

Um alimento contaminado é muitas vezes difícil de ser identificado apenas pela sua cor, aspeto, cheiro ou sabor. A melhor forma de o evitar é adotando medidas gerais de prevenção.

Fonte: Nutrimento

 

Comentários:

Artigos mais lidos

  1. 15 dias
  2. 30 dias
Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.