ERSAR
O Decreto-Lei n.º 306/2007 de 27 de Agosto obriga a acreditação do processo de colheitas de amostras de água para consumo humano ou a certificação dos Técnicos de Amostragem. Deste modo, torna-se necessário uniformizar o procedimento de colheita de amostras de água a nível nacional. Para tal, a ERSAR publicou no dia 28 de Julho de 2010, a Recomendação n.º 03/2010, substituindo a Recomendação n.º 8/2005.

Recomenda-se que todas as entidades responsáveis pelo serviço de colheitas de amostras de água para consumo humano no âmbito do Decreto-Lei n.º 306/2007, cumpram esta recomendação.


QUALI.PT 17-08-2010

Visualização do PDF

 

Comentários:

Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.