França retira sementes de mercado por suspeita de E. coli
O secretário de Comércio francês, Frédéric Lefebvre, ordenou nesta sexta-feira a retirada do mercado de sementes germinadas da companhia britânica Thompson&Morgan, perante a suspeita que estejam envolvidas na origem de um surto de infecção de E. coli em Bordéus.

Segundo um comunicado do Ministério de Economia e Finanças francês, embora o vínculo entre os sintomas e o consumo dessas sementes ainda não tenha sido confirmado, pediu para suspender imediatamente sua comercialização à espera de obter os resultados da investigação.

Sete dos 10 pacientes com diarreia hemorrágica registados no hospital de Bordéus (sudoeste da França) participaram de uma festa popular na localidade próxima de Bègles e consumiram tais sementes. Além disso, em duas das cinco pessoas ainda internadas foi confirmada a presença da bactéria.

O comunicado precisa que a análise realizada pela Direção Geral da competência demonstrou que o distribuidor dessas sementes foi essa companhia britânica, com base em Ipswich, e recomendou a que tenha comprado estes produtos que não o utilizem.

Trata-se do segundo surto de E. coli em duas semanas na França, após a infecção que afetou oito crianças em Lille (norte do país), nesse caso provocada pela ingestão de carne adquirida na cadeia de supermercados alemã Lidl.

Fonte Terra 24-06-2011
{hwdvs-player}id=806|height=262|width=350{/hwdvs-player}

 

Comentários:

Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.