Egito defende órgão regional permanente para segurança alimentar
Cidade do Cairo – O Egito defendeu a instalação dum órgão regional permanente sobre a segurança alimentar sob os auspícios da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

Durante uma reunião regional no Cairo sobre a segurança alimentar na semana passada, o Egipto pediu à FAO para organizar pelo menos duas vezes por ano reuniões rotativas sobre questões relativas à segurança alimentar.

Um porta-voz do Ministério egípcio dos Negócios Estrangeiros declarou à Agência Egípcia de Notícias (MENA) que os acontecimentos históricos e as mudanças radicais no Egito e noutros países árabes levaram os países da região a apoiar a proposta egípcia.

O responsável egípcio acrescentou que os representantes das agências especializadas da ONU e das instituições financeiras internacionais aceitaram igualmente a proposta.

A reunião do Cairo propôs 70 recomendações relativas aos desafios a enfrentar pela região, sobretudo que a maioria dos países da região são importadores nítidos de produtos alimentares.

Uma seca grave afeta a região do Corno de África, onde milhões de Somalís poderão morrer de fome no que é considerado como a pior catástrofe humanitária da história recente.

Fonte angolapress 09-10-2011

 

Comentários:

Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.