planta calêndula
Estudos realizados às propriedades da planta calêndula, têm demonstrado que esta poderá enriquecer a alimentação e contribuir para atenuar a escassez de alimentos.

As propriedades da calêndula, uma planta medicinal de origem mediterrânica que poderá vir a enriquecer a comida e atenuar a escassez de alimentos no mundo, foram testadas por um grupo de investigadores na última quinta-feira, 21 de janeiro, em Oliveira do Hospital (Coimbra).

Beatriz Oliveira, coordenadora do projeto de investigação e professora da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto (UP), defendeu o incremento da produção de calêndula e de outras «plantas que não são geralmente valorizadas», para que a humanidade «possa responder à necessidade futura de alimentos».

Se tal não for feito, os países «não terão comida para todos» dentro de 30 a 40 anos, disse. «O planeta não produz o suficiente para alimentar todas as pessoas», alertou a docente, em declarações à agência Lusa.

Para os próximos dias 5 e 6 de março está agendada uma degustação de diversas pastas com calêndula, confecionadas por Casimiro Santos, um cozinheiro que já trabalhou em diferentes países. A demonstração vai realizar-se durante a Festa do Queijo Serra da Estrela, em Oliveira do Hospital.

Fonte: Lusa 22-01-2016

 

Comentários:

Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.