Palhinhas de plástico banidas do Rio
A Câmara Municipal do Rio de Janeiro aprovou, no passado dia 7, uma lei que proíbe o uso de palhinhas de plástico (canudos no Brasil) em bares, restaurantes e quiosques da cidade.

O projeto de lei obriga estabelecimentos comerciais a usarem palhinhas de papel biodegradáveis. As que forem recicláveis, de forma individual, também serão permitidas.

De acordo com a nova lei, quem descumprir a determinação será multado em R$ 3.000 (700 euros), valor que pode ser dobrado em caso de reincidência.

Uma petição virtual, criada pela ONG Meu Rio para pressionar os vereadores a votarem a favor do projeto, recebeu mais de 4.500 assinaturas.

A proibição da utilização de palhinhas de plástico já é uma realidade em 10 países no mundo. O Rio é a primeira cidade brasileira a adotar tal determinação.

07-06-2018

 

Comentários:

Artigos mais lidos

  1. 15 dias
  2. 30 dias
Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.