BSE
A segunda das duas pessoas a quem fora diagnosticada a variante humana da "doença das vacas loucas", morreu esta quinta-feira, segundo um comunicado da Direcção-Geral de Saúde (DGS).

A vítima foi uma adolescente de 16 anos, que durante o tempo em que esteve doente foi acompanhada por uma equipa médica do Serviço Nacional de Saúde e técnicos da Segurança Social, lê-se na nota assinada pelo Director-Geral de Saúde, Francisco George.

A vítima tinha 14 anos quando lhe foi diagnosticada, em Fevereiro de 2007, uma possível variante de Creutzfeldt-Jakob.

A primeira vítima foi um adolescente do sexo masculino. O rapaz de 14 anos morreu em Julho de 2007 em Famalicão e a doença foi confirmada na autópsia.

A DGS, que não revela onde residia a jovem, garante que não foram notificados mais casos da doença de Creutzfeldt-Jakob em Portugal até hoje.

A primeira vítima era igualmente jovem, mas do sexo masculino.

2009.02.13

Fonte: Agroportal

 

Comentários:

Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.