efsa
O Painel científico relativo aos aditivos (ANS) da Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos, depois de analisar todos os elementos disponíveis, baixou a Dose Diária Admissível (DDA) para os corantes alimentares artificial Amarelo de quinoleína (E104), Amarelo-sol FCF (E110) e Ponceau 4R (E124).

Como resultado, o painel concluiu que a exposição a estes corantes alimentares poderá exceder as novas DDA tanto em adultos como em crianças.

O painel concluiu que os dados actualmente disponíveis para os outros três corantes alimentares avaliados - Tartrazina (E102), Azorubina/Carmosina (E122) e Vermelho-allura AC (E129) não exigem a mudança das DDA fixadas.

Segundo o Painel, apenas algumas crianças, aquelas que consomem grandes quantidades de alimentos e bebidas contendo Azorubina/carmosina ou Vermelho-allura AC, poderão exceder as DDA para estes corantes.

2009.11.16

Fonte: ASAE

 

Comentários:

Esta página usa cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar está a consentir a sua utilização.